Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Informativos Diego Bini

Faculdade de fisioterapia: como é a formação e o mercado de trabalho?

A faculdade de fisioterapia é uma das que mais forma estudantes anualmente. E isso não é à toa, afinal a profissão encontra ampla aplicação que vai desde a área estética até o trabalho em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Por isso, esse é um profissional da saúde que atua junto aos outros trabalhadores da área para proporcionar o bem-estar dos pacientes. Diferentemente do que muitos pensam, o fisioterapeuta vai muito além do auxílio na recuperação de lesões.

Quer saber mais sobre como é o curso de fisioterapia? Então continue lendo e veja, abaixo, informações sobre o curso, bem como sobre o mercado de trabalho e a atuação desses profissionais.

Como é a faculdade de fisioterapia?

Essa é uma faculdade do tipo bacharelado e tem duração média de 04 anos. Nela se enquadram alunos que tenham interesse em trabalhar com o público em prol da promoção do bem-estar físico e mental.

Assim, a profissionalização desses estudantes se dá pelo aprendizado de técnicas que auxiliem na recuperação e reabilitação de pacientes. Isso pode se dar tanto em relação às capacidades físicas quanto funcionais de uma pessoa.

Por exemplo, a fisioterapia envolve sessões para lesões em rompimentos de tendões ou outros tipos. Igualmente, atua na recuperação de movimentos de fala, melhoria da respiração e movimentos necessários às atividades diárias.

Para isso, ao longo do curso de graduação na faculdade de fisioterapia o aluno se depara com inúmeras disciplinas. As grades curriculares variam de acordo com a instituição universitária. Contudo, em termos gerais são muito semelhantes.

Seja como for, o aluno estuda a estrutura física humana, práticas para promover a saúde e prevenir doenças, tratamentos de idosos e outros grupos específicos, como mulheres e crianças. Da mesma maneira, estuda fisioterapia de diferentes modalidades.

Dentre as principais estão a aquática, traumato-ortopedia, neurofuncional e respiratória. Outros módulos importantes dizem respeito à dermatofuncional, ambulatorial e do trabalhador. Note que essas também são especializações para a pós-graduação.

Portanto, são inúmeras as áreas nas quais os fisioterapeutas podem atuar de acordo com os conhecimentos da faculdade de fisioterapia. Abaixo, então, conheça algumas das atribuições desses profissionais e como é o mercado de trabalho.

Quais são as atribuições do fisioterapeuta?

Conforme vimos acima, a faculdade de fisioterapia é bastante complexa, uma vez que passa por diversas categorias e vertentes de estudos. Dessa maneira, as atribuições dos profissionais são igualmente diversas e complexas.

Por exemplo, eles trabalham na área preventiva. Em outras palavras, de forma a auxiliar na prevenção contra o desenvolvimento de lesões ou doenças. Também, trabalha na promoção da recuperação de pacientes.

Nos hospitais esses profissionais com formação na faculdade de fisioterapia auxiliam em processos de entubamento. Assim, são indispensáveis em tempos como os de pandemia. Além disso, atuam na recuperação de musculaturas.

Note que elas dizem respeito tanto às dos membros e estruturas quanto às internas, como a proteção pulmonar. É por isso que seu serviço vai muito além dos trabalhos de recuperação em lesões esportivas.

Como é o mercado de trabalho para quem se forma na faculdade de fisioterapia?

O mercado de trabalho para os fisioterapeutas é bastante amplo. Afinal, são inúmeros os locais em que ele pode prestar serviços, uma vez que seus conhecimentos e técnicas são igualmente diversos.

O fisioterapeuta pode, por exemplo, prestar serviços em clínicas e hospitais. Nesses casos seu trabalho se dá justamente para auxiliar na recuperação de pacientes e nos trabalhos preventivos, bem como junto às UTI (Unidades de Terapia Intensiva).

Além disso, quem se forma na faculdade de fisioterapia pode prestar serviços de natureza estética. Assim, seus trabalhos cabem em centros de beleza e SPAs. Nessas hipóteses a atuação inclui a área dermatofuncional.

Aqui, ainda, cabe esclarecer que ao mesmo tempo em que o profissional aplica tratamentos estéticos para flacidez, estrias e gordura localizada, ou mesmo para a pele do rosto, também ajuda nos pós-cirúrgicos.

Outra possibilidade de atuação do fisioterapeuta no mercado de trabalho é em centros esportivos. Aqui ele auxilia os atletas em exercícios de fortalecimento para evitar fraturas, bem como em atividades de recuperação após lesões.

Todos os clubes de esportes, sejam de futebol ou ginástica artística, por exemplo, contam com esses profissionais. Afinal, ali há um ambiente propício para lesões, sendo papel do profissional evitá-las e tratá-las.

A faculdade de fisioterapia também permite ao profissional atuar com grupos específicos, como na fisioterapia geriátrica, própria para o bem-estar na terceira idade. Outras formas se voltam às mulheres, como fisioterapia pélvica que visa evitar doenças comuns nesse grupo.

Os fisioterapeutas, por fim, também encontram espaços para trabalhar com crianças ou pessoas com deficiência, como em escolas especializadas. No setor público eles também encontram espaço.

Por isso, fica claro que a faculdade de fisioterapia dá diversas chances de atuação aos seus profissionais. Dessa maneira, se você se interessa por essa área, saiba que são inúmeras as possibilidades de especialização e de prática de atividades.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.