Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Gustavo

Os pets também sofrem com o clima seco, veja como ajudá-los

Seis cuidados fundamentais para preservar a saúde do pet durante as estações mais secas do ano

O clima seco pode gerar desconforto e incômodo para os pets, ocasionando demais problemas de saúde. Assim como ocorre com os seres humanos, a baixa umidade do ar também afeta o sistema respiratório dos animais e é preciso ter alguns cuidados básicos para proporcionar mais bem-estar aos bichinhos.

Ao inserir novos hábitos na rotina, é possível amenizar o calor e trazer mais conforto para a vida dos animais de estimação, ajudando na prevenção de doenças. Contar com uma unidade médica por perto também é fundamental para auxiliar em determinadas situações, protegendo o organismo de gatos e cachorros contra os impactos do clima seco.

Portanto, confira abaixo tudo o que você precisa saber para amenizar o calor dos animais de estimação e trazer mais conforto para seu dia a dia.

Hidratação

A água é o principal agente contra o calor e o clima seco, mantendo o organismo do bichinho hidratado. Por isso, é imprescindível oferecer água limpa e fresca para gatos e cachorros, de preferência em vasilhas e bebedouros que ajudem a manter a temperatura do líquido, como potes de cerâmica, inox ou barro.

A dica é espalhar vários recipientes pela casa, cuidando para manter a água sempre fresca e limpa, assim você incentiva a hidratação do pet, ajudando a preservar sua saúde.

Alimentação

A ração seca continua como o principal alimento para cães e gatos, mas, durante as estações mais secas do ano, o indicado é caprichar nas opções úmidas e nos petiscos. Além de trazer novidades para o bichinho na hora das refeições, o alimento úmido ajuda a manter o organismo hidratado, auxiliando nas funções renais.

Mas, lembre-se de não exagerar nas porções, uma vez que os animais tendem a se exercitar menos em épocas mais quentes e secas. Dessa forma, você evita que eles fiquem acima do peso, mesmo com mais opções de alimentos.

Passeio

Na hora do passeio é preciso redobrar os cuidados no clima seco, portanto, carregue sempre água fresca e em abundância para o pet. Assim, você evita sobrecarregar seu organismo e consegue manter o ritmo da caminhada.

O mercado pet vem inovando em soluções criativas e, atualmente, é possível encontrar opções saborosas para deixar o passeio ainda mais divertido e saudável, como água de coco, picolés e sucos de fruta apropriados para cães.

Outra dica importante é evitar passear com o animal de estimação durante os horários mais quentes do dia. Escolha as primeiras horas da manhã ou após o pôr do sol para caminhar com seu bichinho, evitando a exposição ao clima seco e o calor do asfalto, que pode causar queimaduras em suas patas.

Umedeça o ar

Investir em um umidificador de ar é uma maneira interessante de proporcionar mais conforto para o pet e para os moradores da casa. Isso porque o dispositivo consegue tornar o ar do ambiente mais úmido, auxiliando na respiração.

Bacias e baldes com água também ajudam a amenizar as temperaturas, contribuindo para a melhora na qualidade do ar. Espalhe alguns recipientes pelos locais de circulação do pet, mantendo o clima mais agradável.

Refresque o pet

Caso perceba que o animalzinho está com muito calor ou incomodado com o tempo seco, você pode amenizar os efeitos refrescando o pet. Para isso, basta umedecer as mãos e passar delicadamente em sua coluna, patas e focinho.

Ao molhar partes estratégicas do corpo do bichinho, você contribui para que ele fique mais confortável e tranquilo, amenizando os efeitos do clima. Tome cuidado apenas para não molhar demais o pet e cuide para que a temperatura da água esteja fresca.

Preste atenção no comportamento do pet

O comportamento dos cães e gatos diz muito sobre seu estado de saúde. Portanto, fique atento às suas atividades, principalmente durante as mudanças climáticas. Desânimo em excesso, falta de ar e respiração pesada podem ser indícios de mal-estar, ocasionando outros problemas de saúde.

Caso perceba qualquer sintoma, é fundamental levar seu bichinho ao veterinário para a realização de exames. Dessa forma, você mantém a saúde do seu pet em dia, mesmo nas condições mais adversas do ano.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.