Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Diego Bini

Como fazer marketing para eventos: 5 dicas essenciais

Muita gente acredita que a mesma estratégia que funciona para a publicidade de empresas traz resultados quando o assunto é marketing para eventos. No entanto, essa percepção é errônea.

Na verdade, o marketing para eventos tem particularidades próprias. O próprio setor é muito único: no Brasil, ele segue em amplo crescimento, mas sofre com a falta de mão-de-obra qualificada.

Quer saber como trabalhar melhor com o marketing para eventos? Então acompanhe algumas dicas essenciais abaixo!

1. Invista em transmitir a experiência causada pelos eventos

O melhor conceito possível para se trabalhar no marketing de eventos é transmitir a sensação e a experiência de participar daquele momento.

Pense, por exemplo, em uma convenção de tecnologia. Para poder atrair o público, é essencial ter vídeos, fotos, depoimentos e outros materiais para poder transmitir como é estar nessa convenção, como é ver todas aquelas peças de tecnologia e sentir aquele sentimento de modernidade, futuro e descobrimento.

Isso vale não só para eventos de grande porte e para os organizadores, mas também para eventos menores ou para prestadores de serviço.

Por exemplo, nada ajuda a vender mais os serviços de quem atua em um casamento do que um vídeo emocionante de um casório.

Imagine só, por exemplo, uma noiva entrando para casar, com o ambiente todo lindamente decorado, muitas flores, o noivo emocionado, as pessoas chorando, uma orquestra para casamento tocando a Marcha Nupcial no violino…

Tudo isso transmite a emoção de um casamento e toca o público consumidor, que ficará com vontade de reproduzir algo assim no seu próprio evento.

2. Explore todas as ferramentas de marketing para eventos

Um organizador de eventos ou prestador de serviços tem a seu dispor uma série de ferramentas de marketing e, portanto, deve tentar usar todas possíveis ao seu dispor.

Para explorar as possibilidades de maneira estratégica, é importante focar nos recursos disponíveis, suas características e em que momento utilizá-los.

Pense, por exemplo, nas redes sociais. Elas são muito úteis para construir uma reputação e transmitir aquela sensação que mencionamos antes.

Isso acontece porque elas são úteis para comunicação em tempo real via lives ou tweets, além de ter fácil consumo, como os Stories. Para completar, elas também oferecer suporte audiovisual rápido e fácil.

Já o Google é excelente para encontrar novos clientes ou parceiros. Por exemplo, é possível utilizar o Marketing de Conteúdo para quem é um prestador de serviços, além do Google Ads.

Cada um é aplicado em um momento da jornada de compras: o Marketing de Conteúdo ajuda mais na etapa de planejamento, enquanto o Ads é mais útil no momento de decisão de compra.

Além disso, existem outras técnicas como a assessoria de imprensa, anúncios em rádio e TV e muito mais para promover um evento ou serviços.

3. Tenha bons parceiros para montar bons pacotes de serviços

Normalmente, os clientes que querem realizar eventos pequenos (casamentos, festas de aniversário, debutante, formatura e outros) têm uma dificuldade intrínseca em obter vários fornecedores.

Isso é natural: a pessoa não tem o hábito de contratar tantos serviços de uma vez e acaba com certa dificuldade para saber quem é confiável nessa área, quem faz um bom serviço naquela outra.

Por isso, uma boa maneira de explorar o marketing para eventos e conseguir novos clientes é montar uma parceria para ter pacotes de serviços.

Imagine que você é um DJ, por exemplo. Você pode fazer parceria com buffets, decoradores, organizadores de casamento e outros prestadores de serviços para indicá-los quando for contratado ou ser indicado por eles.

4. Monte ações para educar seu público e perder menos tempo

Parte do problema de organização de um evento de qualquer porte é a falta de conhecimento do público. Na prática, estamos falando de contratantes que não compreendem os prazos, as necessidades, as legislações e tantos aspectos vitais que prejudicam o trabalho da organização ou dos prestadores.

Por isso, uma boa maneira de trabalhar com o marketing de eventos é produzir conteúdo de qualidade para educar essa parte do público.

Isso é necessário porque o marketing não é apenas atrair mais clientes e conseguir mais negócios, mas também filtrar os clientes que aparecem pelo seu posicionamento.

Ao estabelecer os materiais de conteúdo educativo, é possível atrair clientes com maior conhecimento no mercado, que resultarão em experiências de trabalho mais positivas.

5. Foque na divulgação pelos canais mais usados pelo seu público

Por fim, quem for organizar eventos que precisam da presença do público e dependem da venda de ingressos, deverá focar em divulgar a existência do evento pelos canais de divulgação mais usados.

Suponha, por exemplo, que você organizará uma festa focada no público fã de música sertaneja. Talvez não valha a pena anunciar o evento no jornal, mas seria interessante pagar anúncios no YouTube ou Spotify para aparecer em playlists de música sertaneja.

Essas são as principais dicas de marketing para eventos. Com elas, ficará mais fácil promover os seus eventos ou os seus serviços e conseguir mais clientes e mais público para as suas organizações.

Gostou do conteúdo? Então não esqueça de deixar um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.