Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Marketing Digital Bruna Farias

O que é e como fazer uma avaliação de risco em sua empresa?

Não importa se trabalha no ramo automotivo ou de compressor de ar pistão. O fato é que a avaliação de risco é importante para todos, principalmente porque nenhum colaborador deseja trabalhar onde há chances de acidentes, não é mesmo?

Foi pensando nisso que resolvemos criar este texto, que explica o que é o conceito, qual sua importância e como fazê-lo. Então, para entender melhor e inserir na cultura de sua marca, continue conosco!

O que é uma Avaliação de Risco?

Uma avaliação de risco é um processo que envolve a identificação, análise e controle de todo e qualquer perigo que possa ocorrer numa empresa. É realizado por um colaborador experiente nesta área e que determinará quais medidas devem ser trazidas à tona para eliminar ou controlar acidentes. 

Ou seja, sua importância equipara-se com a de uma mangueira de incêndio para os bombeiros. Esta avaliação é um dos principais componentes de uma análise de risco, que é um processo com várias etapas, visando identificar e analisar todos os problemas que possam surgir, é algo contínuo e atualizado quando necessário. 

Por que a avaliação de risco é importante?

A identificação de perigos usando a avaliação de risco é um elemento-chave para garantir a saúde e a segurança de seus funcionários e clientes. A órgãos específicos que exigem que as empresas tenham isso documentado. 

É nesta hora que determinações referentes a equipamentos de proteção individual (EPI) que um trabalhador precisa serão designadas. Existem diretrizes disponíveis para diferentes indústrias, uma vez que os tipos atuais de possíveis riscos podem variar.

Pense o seguinte: com tudo isso analisado, documentado e inserido corretamente, sua marca e seu nome estarão em espécies de displays em acrílico no que diz respeito à coerência e competência quando o assunto são boas condutas.

Dentro das Disposições Gerais e Gerenciamento de Riscos Ocupacionais, em seu artigo 1.4.1, cita-se que cabe ao empregador:

a) cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e saúde no trabalho;

  1. b) informar aos trabalhadores:
  2. os riscos ocupacionais existentes nos locais de trabalho;
  3. as medidas de prevenção adotadas pela empresa para eliminar ou reduzir tais riscos;

III. os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios trabalhadores forem submetidos; e os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.

  1. os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho”.

Quando fazer uma avaliação de risco?

Além de cumprir os requisitos legislativos, o objetivo das avaliações é eliminar os riscos operacionais e melhorar a segurança geral do local de trabalho. É responsabilidade dos empregadores realizar avaliações de risco quando:

  • novos processos ou etapas são introduzidos no fluxo de trabalho;
  • são feitas alterações nos processos existentes;
  • quando há novos equipamentos e ferramentas e, com isso, surgem novos perigos.

Lembrando que elas são realizadas pelos auditores, ao planejar um procedimento de auditoria para uma empresa. Agora que está mais claro, ficou fácil gerir e manter o dia a dia em ordem!

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.