Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Otimização Diego Bini

5 dicas para otimizar o desempenho do seu site

Quem trabalha com marketing digital ou algum tipo de divulgação na Internet, mas não tem alcançado o resultado desejado, precisa de algumas dicas para otimizar o desempenho do seu site. Afinal de contas, não é fácil ter uma página que entrega resultados consistentes, especialmente em nichos mais competitivos e com concorrentes que começaram há muito tempo e agora já tem mais autoridade do que você.

Normalmente, quando pensamos em otimizar o desempenho de um site, logo pensamos em seus resultados nas pesquisas do Google. Afinal de contas, o buscador tem mais do que 100 bilhões de buscas por mês. Na prática, isso significa que mais de 10 milhões de pesquisas serão feitas até você terminar de ler este artigo. É muita coisa! Isso coloca o Google como a maior fonte de tráfego para sites na Internet, mais do que qualquer rede social, YouTube ou qualquer outro. No entanto, existem outros fatores a considerar também.

É necessário levar em consideração a experiência do usuário, métricas de desempenho e muito mais. Isso tudo afeta como o seu site atinge o objetivo para o qual ele foi projetado. Afinal de contas, talvez sua página não esteja se convertendo como você queria por causa de algum problema interno e não por causa do volume de tráfego gerado. E aí, quer ver algumas dicas para otimizar o desempenho do seu site? Então siga a leitura abaixo!

5 dicas para otimizar o desempenho do seu site

1. Contrate um time de TI

Uma dica importante para otimizar sempre o desempenho do seu site é ter um time especializado em TI trabalhando no projeto. Dependendo do tamanho da página, você precisará de muitos ou poucos programadores. Por exemplo, um marketplace complexo com milhões de visitas exige muito mais do que um site de empresa com 50 mil visitas por mês.

Esse tipo de TI precisará de, no mínimo, um programador back-end e um front-end ou um único full-stack, dependendo do tamanho, claro. No entanto, pode ser muito caro contratar esses profissionais para o seu negócio (o salário médio de um iniciante na área é superior a R$4.000,00, por exemplo).

Nesse caso, vale a pena optar pela terceirização de TI e contratar um time externo para cuidar dos ajustes necessários para deixar sua página otimizada e pronta para atingir o objetivo que você deseja, seja ele qual for.

2. Faça Testes A/B

Uma ferramenta básica para melhorar a otimização de um site é o Teste A/B. Essa é uma maneira rápida de entender qual opção é a melhor para cada parte da página. Por exemplo, se você quer otimizar um botão de conversão, teste diferentes versões usando o Teste A/B e veja qual entrega melhores resultados.

No entanto, é importante comparar as opções com os mesmos fatores de sazonalidade (mesmos horários, mesmo público, etc.). Somente assim dá para remover influências e ter um resultado mais próximo do ideal.

3. Entenda qual o objetivo do site

Otimizar um site depende sempre do objetivo da página. Por exemplo, um e-commerce ficará mais em melhorar as conversões. Já um blog corporativo é mais encontrado no Google, por exemplo.

Portanto, o primeiro ponto a ter em mente é decidir qual é o objetivo do seu site e, dessa forma, agir para determinar os pontos a ter em mente na hora de utilizá-lo.

4. Foque na análise de métricas

Em seguida, sabendo qual é o objetivo do seu site, é hora de focar nas métricas que podem ser mais relevantes para essa meta. Assim, você poderá entender de onde elas são formadas e que ações podem ser feitas.

Suponha que seu site seja um blog de conteúdo para promover o seu produto. Suas principais métricas são tráfego orgânico, tempo de leitura de cada página, comentários, conversões no seu ebook e por aí vai.

Assim, analise os resultados e faça testes para entender como melhorar cada uma dessas métricas e otimizar seu desempenho cada vez mais.

5. Não pense que “acabou”

É normal chegar a uma determinada meta e ter aquele sentimento gostoso de “Finalmente acabou!”. No entanto, apesar de ser positivo tirar um diazinho para celebrar, não pense que há um “acabou” na otimização digital. Sempre há mais a fazer, sempre há o que melhorar e, portanto, você sempre estará mexendo em um ponto ou outro, fazendo testes e melhorando cada detalhe.

Essas são as principais dicas para otimizar o desempenho do seu site. Parecem poucas, mas elas dão a base para montar uma estratégia de otimização constante. Afinal de contas, elas apresentam tudo que você precisa saber: conhecimento técnico, método de teste, foco no objetivo e indicadores de desempenho e atuação contínua e cíclica. Desse jeito, ficará mais fácil alcançar os resultados que você precisa. O resto, depende de cada contexto específico.

E aí, gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.