Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Bruna Farias

7 dicas de marketing digital para iniciantes

Investir em marketing digital já é obrigatório para qualquer tipo de negócio, seja um e-commerce, um software em nuvem ou até mesmo uma mentoria. E não é para menos: 4,66 bilhões de pessoas estão na web e passam, em média, 7 horas por dia navegando na internet.

Então, se você quer ser visto por seus potenciais clientes, precisa de uma estratégia de marketing digital. Mas por onde começar?

É o que veremos neste post. Continue a leitura!

Conheça seu público

Uma boa estratégia de marketing digital está centrada no cliente, não na sua marca, produto ou serviço. Ou seja, não adianta ficar falando o quanto a sua solução é boa se as pessoas não sentem a necessidade de comprá-la.

É por isso que o marketing digital se baseia muito em marketing de conteúdo. Essa estratégia permite conscientizar as pessoas de que elas têm um problema e apresentar uma solução. Tudo isso de forma natural, sem forçar a relação comercial.

Quando você conhece as pessoas para as quais quer vender, sabe os problemas que elas enfrentam e como sua empresa pode resolvê-los. Desse modo, fica mais fácil atrair esses clientes e mostrar que a sua empresa é a melhor fornecedora para a solução.

Tenha um site próprio

Lembra do Orkut? Quando os proprietários decidiram que iriam encerrar a rede, nenhum usuário pôde fazer nada, a não ser migrar para outra plataforma.

Agora, já pensou ter todo o seu negócio baseado em uma rede social que pode deixar de existir a qualquer momento?

Simplesmente, não dá. É por isso que uma das nossas dicas de marketing digital para iniciantes é: tenha um site próprio. Você pode começar com um site simples, em WordPress, e ir melhorando gradativamente, conforme for possível investir nele.

O site deve ser o centro de toda a sua estratégia de marketing digital, pois ele é a sua vitrine online, onde seus produtos ou serviços são exibidos. É no site, também, que as pessoas encontrarão informações vitais sobre você ou seu empreendimento, como e-mail, telefone, endereço, entre outras.

Venda antes de desenvolver a solução

Você já deve ter ouvido falar em MVP – Minimum Viable Product (Produto Mínimo Viável). Na área de tecnologia da informação, é normal que as empresas desenvolvam uma versão beta de um software para testá-la antes de lançar uma ferramenta propriamente dita.

E o motivo é simples: quanto menos esforço inicial, menor é a perda de recursos caso a solução não seja bem aceita no mercado.

Então, digamos que você esteja desenvolvendo uma mentoria de negócios, mas não sabe ainda como será a aceitação do seu público-alvo. Em vez de dedicar horas e horas a criar todo o seu programa de mentoria, prefira desenvolver a oferta de valor, isto é, a forma como você vai apresentar essa solução ao mercado.

O passo seguinte é mostrar às pessoas essa solução e ver se há aceitação. Caso muitas pessoas se sintam interessadas e consiga formar sua primeira turma de mentorados, perfeito. Você já pode começar a desenvolver o “recheio” da sua mentoria, isto é, o conteúdo em si.

Agora, caso não haja uma repercussão boa, talvez seja melhor rever o que você está oferecendo e conversar com outras pessoas para entender como você poderia gerar mais valor para elas.

Divulgue seu trabalho adequadamente

É normal ficarmos perdidos com a quantidade de redes sociais e outras plataformas de mídia online que podem ser usadas no marketing digital. No entanto, a chave do sucesso aqui é concentrar sua atenção em poucas plataformas.

Quanto menos redes sociais você tiver para se preocupar, mais atenção poderá dar a elas, dando consistência à sua estratégia de marketing digital. E como escolher as melhores? Conhecendo seu público, é claro.

Sabendo com quem você quer conversar, fica mais simples definir quais são as melhores redes sociais para interagir com essas pessoas. Além disso, você pode apostar tanto nas publicações orgânicas (não pagas) quanto nos anúncios patrocinados. Desse modo, é possível escalar sua audiência rapidamente e encontrar as pessoas certas para comprar de você.

Mas fique atento: os usuários de redes sociais não estão lá para comprar nada. Estão lá para interagir, dialogar. Portanto, compartilhe conteúdos que agreguem valor às pessoas e crie uma sinergia para que elas cheguem até o seu site, que é o local ideal para vender o que você faz de melhor.

Invista em automação de marketing

Atualmente, não dá para pensar em uma estratégia de marketing digital sem ter uma ferramenta de automação de marketing. Esses softwares são utilizados para capturar dados de potenciais clientes (leads) e promover um relacionamento digital.

Esse relacionamento se dá por meio de envio de mensagens de e-mail e SMS, que podem ser personalizadas para cada pessoa. Desse modo, você mantém a proximidade com sua base de potenciais clientes sem precisar de um time inteiro de atendimento.

Além disso, softwares de automação de marketing permitem segmentar sua base de dados, resultando em ações de marketing mais eficazes devido à personalização.

Prepare-se para a publicidade programática

A publicidade programática nada mais é do que a criação de campanhas de anúncios pagos em plataformas como Google, Facebook e Instagram.

A partir do uso de palavras-chave e segmentação de público, você consegue atingir um público bastante qualificado para o seu negócio.

Para ter sucesso com a publicidade programática, é importante ter um profissional qualificado para criar as campanhas, que entenda o funcionamento dos algoritmos e possa orientar seu investimento da forma mais adequada.

Isso porque existem detalhes que, muitas vezes, fogem ao entendimento de quem não é da área. Terminologias como PPC, PPM e CTR fazem parte do cotidiano de quem lida com essa estratégia.

Desenvolva uma estratégia de link building

O link building é uma estratégia que entra no que chamamos de SEO (Search Engine Optimization). Ela consiste em conseguir que outros sites façam link para o seu, o que é considerado como um “voto de confiança” para os mecanismos de buscas.

Quanto mais votos (links) seu site tem, mais valor ele conquista para os algoritmos. Consequentemente, melhor posicionamento nos resultados de busca ele tem.

E quanto melhor classificado seu site se torna, mais visitantes ele recebe. Ou seja, mais oportunidades de atrair novos interessados para os seus produtos e serviços.

Agora que você já deu os primeiros passos, que tal saber como desenvolver seu planejamento de marketing digital em 5 passos?

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.