Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Bruna Farias

Live Marketing: 3 dicas para criar experiências de marca

O live marketing é uma das diversas estratégias de marketing utilizadas com frequência nos últimos tempos. 

O principal objetivo é atrair, converter e capitalizar clientes por meio da autoridade gerada ao falar de um determinado assunto ou promover determinado produto.

A pessoa que realiza um live marketing deve ter noção dos seus stakeholders, que são pessoas ou empresas interessadas no projeto que você faz.

Desta forma é possível conseguir pessoas especialistas no assunto ou influenciadores para divulgar o seu negócio. 

Definido esses pontos, é possível fazer uma transmissão ao vivo (live), sem a necessidade de alugar um estúdio para ensaio, basta uma câmera e um ambiente organizado, internet e mãos à obra. 

Neste artigo falaremos sobre os benefícios trazidos pelo live marketing, além de dicas que ajudarão você a começar a fazer suas lives para aumentar o engajamento do seu negócio. 

Benefícios do live marketing

Com a integração em massa das formas de apresentação online, o live marketing cresceu exponencialmente. 

Praticamente toda empresa, influenciadores, músicos e até jornalistas passaram a utilizar esse método simples e de contato direto com o consumidor.

Assim, as empresas também passaram a patrocinar algumas lives com o objetivo de divulgar seus produtos como uma pulseira de tecido para eventos

Outras já contratavam influenciadores e especialistas para tratar de diversos assuntos de interesse do público. Todas essas estratégias foram pensadas após longos dias de estudos que tiveram como objetivo buscar os benefícios que o live marketing trouxe para o mercado. São eles:

  • Engajar o produto ou serviço prestado nas redes e sites;
  • Tornar-se referência no assunto;
  • Contribuir de forma rápida e espontânea;
  • Aumentar as vendas.

Engajar o produto ou serviço prestado nas redes e sites

O engajamento vem por meio de cliques, acessos e compartilhamentos. É uma das principais formas de conquistar clientes orgânicos. 

Quando uma live é compartilhadas uma pessoa que nunca viu o seu serviço ou produto têm a oportunidade de conhecê-lo

O tráfego orgânico é toda a forma de acesso que vêm de fora e de graça. Eles são pessoas que podem estar acessando sua live por diversos fatores. 

E uma das dicas (falaremos mais para ao final do artigo) é tentar levar esse público para suas páginas de captura e futuramente páginas de venda. 

Lembre-se o live marketing está além de realizar uma propaganda do seu serviço, mas de realizar uma comunicação direta com a pessoa que está assistindo. 

Crie convites personalizados para as pessoas que já consomem o seu produto. 

Todo esse esforço será transformado em mais acessos a todos os seus canais, sejam os sites, blogs e redes sociais. 

Aproximando o seu consumidor de vocês, gerando mais leads e clientes para o seu negócio. 

Tornar-se referência no assunto 

Assim como as estratégias de inbound marketing que visam a geração de leads, por meios de técnicas que fazem o internauta ver no empreendedor uma referência no assunto. 

Tornar-se referência é essencial, principalmente para quem oferece um serviço. 

O live marketing pode se estender para diversos nichos, mas no marketing digital existem três tipos que são muito bem sucedidos, são eles:

Conteúdo ligado a relacionamentos

Pessoas gostam de falar sobre outras pessoas,como viver em casal, como conquistar uma pessoa, como agir perante determinadas situações e sobre qual o sentido da vida.

Todos esses assuntos são de sucesso e podem ser falados no ambiente digital, como o live marketing e obter sucesso. 

Conteúdo ligado a saúde 

Falar de como obter saúdes, produtos que ajudam e melhoram o desempenho sexual, físico, cognitivo, sensorial e afins.

As pessoas se interessam por ter uma melhor qualidade de vida. Por isso, falar de saúde faz muito sucesso no meio digital.

Conteúdo ligado a dinheiro

Assunto como economia, como ganhar dinheiro montando o seu buffet de massas ou no meio digital e até mesmo sem sair de casa.

Pessoas se interessam por conteúdos ligados a formas de melhorar sua condição financeira.   

Entendendo alguns nichos fortes, o empreendedor pode optar por chamar especialistas para realização da live, fazer entrevistas ou simplesmente ensinar as pessoas a realizar algo que você tenha domínio. 

Isso fará aos poucos você se tornar referência nesse assunto e com isso gerar mais leads e clientes. 

Contribuir de forma rápida e espontânea

Diversas plataformas que permitem a transmissão ao vivo tem ferramentas que ajudam na doação e na contribuição.

As pessoas dão o próprio dinheiro com o intuito de ajudar, escrever uma mensagem, fazer uma pergunta ou simplesmente ajudar o negócio. 

As plataformas de jogos são fortíssimas nesse segmento, mas no YouTube ou no Instagram é possível contribuir de forma fácil.

Dessa forma é possível ganhar um dinheiro extra realizando suas lives, são ativos que entram facilmente.

Aumentar as vendas

De todos os benefícios, o lucro é o mais importante. As lives mais simples têm baixíssimos custos de investimento. 

Você pode usar o seu celular, que precisa ser de qualidade e ter uma boa internet para evitar interrupções e quedas.

Graças a isso, é possível gerar um lucro interessante com as campanhas que podem ser divulgadas nessas lives. O investimento maior foi feito no site, nas redes sociais e no produto ou serviço em si. 

A live costuma ser mais uma forma de divulgar todo o trabalho realizado. 

Sem a necessidade de alugar salas para treinamento de uma equipe para realizar campanhas na rua ou estratégias parecidas. Apenas ligue a câmera e converse. 

Cuidado: Você está ao-vivo

Essa parte é importante para evitar gafes ou situações constrangedoras. 

Uma live precisa ser preparada, é necessário criar um roteiro e uma pauta para organizar o que será ao longo do período que você deseja fazê-la. 

Portanto, defina o dia da live, o assunto, se haverá convidados, onde será realizada. A live necessita ser conduzida para ter um começo, meio e fim. 

O condutor deve ficar de olho se o roteiro está cumprido para que se cumpra os objetivos previstos.

Tenha moderadores para ajudar na divulgação dos links. Esses links serão a sua página de captura.

O objetivo aqui é tirar os internautas da rede social para se cadastrar em seus sites e comprar seus produtos. 

Teste tudo antes. Veja a qualidade do seu microfone e câmera. Veja se a internet está boa e tenha planos para caso algo ocorra de errado. 

Por fim, crie placas informativas personalizadas para seu cenário, desta forma, o consumidor perceberá que houve uma preparação. 

Capriche e acima de tudo se divirta, seja você mesmo, pois as pessoas percebem quando alguém está forçando a barra. 

Criando uma experiência de marca

A experiência de marca é dar ao cliente a ação que a marca quer com o consumidor final, que ao consumir o seu produto vive uma experiência, algo diferente e o objetivo que seja algo inesquecível. 

Vejamos agora, três dicas que te ajudarão a oferecer para o cliente uma grande experiência de marca.

1 – Tire o consumidor da mesmice

A experiência de marca deve pensar em trazer para o cliente uma sensação inesquecível de ir em algum lugar ou vivenciar algo com a sua empresa.

Por exemplo, criar um talão personalizado que mostra uma história em quadrinhos conforme o cliente for preenchendo as linhas. 

As experiências que podem tirar o consumidor de uma realidade comum onde a empresa tenta apenas vender, são efetivadas quando o empreendimento vai além. E pensa no que o consumidor gostaria de ver.

Uma empresa de carros que permite, por meio de um videogame, fazê-lo acelerar o carro que será vendido à uma velocidade extrema pode dar essa sensação. 

Justamente por em um ambiente real ele não poder realizar isso por motivos de segurança. 

Crie uma experiência que faça o cliente lembrar para sempre o que ele viveu com sua marca.

2-  Conheça o seu cliente para oferecer o que ele precisa 

Toda a criação de uma experiência de marca deve ser pensada para transpassar ao cliente uma sensação que lembre a marca e em seguida o que essa marca oferece. 

Por exemplo, pense em uma empresa de áudio que pode realizar eventos e lives de músicas. 

Assim, o objetivo é trazer um DJ ou um cantor famoso que possa mostrar os produtos vendidos como a interface de áudio focusrite, vendida é funcional, mas ao mesmo tempo dar uma experiência para o cliente única. 

Quando ele se lembrar desse dia, se lembrará da marca que realizou a live ou o show e em seguida que todos os produtos que ampliaram toda a música são vendidos naquela empresa. E isso só pode ser feito se um estudo for realizado. 

3 –  Energia e motivação e adaptação

O roteiro e os estudos foram realizados, você sabe do potencial da sua marca. Agora resta absorver o que o cliente devolve ao consumir o que você está oferecendo. 

Entendendo isso, será possível se adaptar a situações não previstas. Lembre-se, apesar de tudo ter sido organizado, nem sempre tudo ocorre como o planejado. 

Portanto, absorva a energia do cliente e produza tudo pensando no objetivo final. Dar a melhor experiência possível para que ele tenha uma experiência única com sua marca. 

Todas essas orientações te ajudarão a criar lives inesquecíveis e rentáveis para o seu negócio. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.