Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Monica Godinho

Como escrever um blog post perfeito?

Se você fosse avaliar seu próprio texto com relação ao conteúdo, que nota daria a si mesmo? Que nota acredita que seus leitores lhe dariam? Você já pediu para alguém ler o seu blog post e em seguida, dar uma opinião sincera?

As respostas à estas perguntas simples, estão ligadas à eficiência do seu blog post dentro do marketing de conteúdo.

Para que um blog post seja perfeito, é preciso que ele atraia, prenda a atenção, gere valor para os leitores e os motive a agir (sem sair do blog, é claro).

Agora, se um texto é redigido de qualquer forma, apenas para constar que houve uma atualização no blog, dificilmente surtirá um efeito de conversão. Será que o seu blog post gera esse impacto no leitor?

Se você está lendo este texto, isso significa que, embora tenha um texto bom, deseja estar a par de como aprimorá-lo. Vem com a gente que vamos te ajudar!

O que um blog post precisa?

De uma combinação perfeita entre Marketing de Conteúdo e SEO (otimização dos mecanismos de busca). Enquanto o Marketing de Conteúdo tem a missão de gerar valor por meio de conteúdos que criem laços com seu público, o SEO é o responsável por fazer com que esse conteúdo seja encontrado por longo tempo. Mas como é possível unir um recurso ao outro? O que é preciso fazer?

1 – Buscar palavras-chave

Para cada busca no Google ou Yahoo, por exemplo, referente a um serviço ou produto que uma empresa oferece no mercado, há uma série de palavras-chave relacionadas. São estas palavras que o usuário digita nos campos de busca, quando tem interesse de encontrar algo na internet.

Nesse sentido, as palavras-chaves são usadas como “referências”, dentro do blog post, a fim de que o buscador encontre seu conteúdo e o apresente a quem fez a pesquisa.

Existem ainda as palavras-chave “long tail” ou cauda longa. São aquelas cuja pesquisa, não importa quanto tempo passe, sempre serão buscadas como referência, pois trazem resultados mais específicos sobre determinado termo pesquisado.

2 – Aprimore os títulos

O título precisa ter foco e ligação com o assunto abordado. Portanto, não pode ser criado de qualquer jeito. Se não for atrativo, ninguém terá interesse em lê-lo. Lembrando que também é necessário que a palavra-chave seja inserida no título, para aumentar as chances de atração.

3 – Estrutura do Blog Post

Todo e qualquer texto precisa ter uma ordem de ideias ao transmitir as informações pretendidas. Ou seja, é preciso que haja começo, meio e fim, ou ninguém o entenderá.

Assim, um bom blog post deve ter Introdução, Divisão em intertítulos, Conclusão e CTA.

Introdução é quando apresentamos o problema ou questão central ao leitor. Em seguida, a cada pensamento ou linha de raciocínio que se segue com a explicação, é importante separá-las uma da outra por intertítulos, a fim de que o texto não fique cansativo e se torne ainda mais fácil de entender.

A conclusão finaliza o blog post com a opinião ou informação extra do texto e o CTA (Call to Action) é a “chamada para ação”, onde o redator convida o leitor a “saber mais”, convidando-o a entrar em contato ou a clicar em algum link compartilhado, onde esse leitor poderá acessar conteúdos complementares ou mesmo a página de venda do produto/serviço a quem o blog post se refere.

4- Tamanho do blog post

O tamanho do blog post deverá ser suficiente para responder a dúvida ou explicar o conceito que a sua persona deseja saber. Portanto, não se prenda ao tamanho, mas sim, a forma como as informações serão “contadas” ao leitor, tal qual uma conversa entre amigos.

5 – Introdução do Blog post

Como você começa a contar para alguém sobre algo que viu na TV ou na internet e que gostou muito? Pois bem, começar o texto é a mesma coisa: Comece contando pelo que acha mais interessante para chamar a atenção de quem vai ler.

Duas técnicas bem conhecidas para quem não sabe como começar um texto, é iniciá-lo com um pergunta ou mesmo contando uma história ou situação paralela.

Começar o blog post contando, por exemplo, sobre uma dificuldade ou vantagem real sobre o produto ou serviço, é também outra forma bastante promissora de começar a escrever o texto.

6 – Coesão e Coerência

Atente para a coesão do texto, quanto as grafias corretas e o uso adequado das conjunções subordinadas e adverbiais. Também é importante verificar a conjugação dos verbos, uso dos pronomes, bem como repetições desnecessárias de palavras (não inclua aqui a palavra-chave) ao longo dos parágrafos. Esse processo se chama coesão.

A coerência, por sua vez, se aplica quando você mantém o sentido e a lógica do texto, a medida que mantém o foco principal no tema da publicação. Para isso, é essencial que você não fuja de assunto “da água pro vinho” enquanto estiver escrevendo, caso contrário, o leitor  poderá não entender o objetivo do seu blog post.

7 –  Inclusão de Imagens

As imagens são importantes não apenas por questões de estética, mas sim porque complementarão as informações do blog post. Opte por imagens bem definidas que transmitam mensagens claras ao leitor, de preferência, relacionadas com o texto redigido. Assim, o leitor além de entender melhor, poderá “repousar as vistas” e até permanecer mais tempo no seu blog.

8 – Não esqueça o “Call to Action

Dentro do blog post, o “call to action” tem a missão de levar o seu leitor a tomar outra atitude, como por exemplo, encaminhar um e-mail, uma proposta, efetuar uma compra, ou mesmo, compartilhar o seu conteúdo. 

É quando o autor pede que o leitor realize alguma ação, como estas descritas acima. E o mais legal: isso dar resultado. Por isso, não esqueça de encerrar com chave de ouro o seu blog post.

Já pensou que o seu blog pode disparar em acessos na internet? Se sua resposta é SIM, entre em contato conosco. O conteúdo que você precisa na forma do melhor blog post que existe na internet está aqui! Quer saber mais? Então, vem com a gente!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.