Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Monica Godinho

Como viver de freela: é possível?

Viver de freela é o sonho de muitas pessoas. Poder ser “seu próprio chefe”, fazer seu próprio horário e trabalhar quando e de onde quiser. Apesar de parecer o melhor dos mundos, ser freelancer autônomo requer disciplina e planejamento. Afinal, é você o responsável pela sua renda mensal e todo mundo tem boletos a pagar.

Além disso, existem diversos desafios como lidar com questões burocráticas, ter um bom portfólio, ter foco e disciplina para trabalhar em casa, usar as ferramentas certas e em muitos casos, ter até uma internet banda larga de qualidade para o home office.

Neste artigo, você vai entender quais são os caminhos para viver de freela, quais os desafios e como manter sua produtividade.

Desafios que você pode encontrar pelo caminho

freela

Dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostram que o Brasil é o terceiro país do mundo em número de profissionais autônomos, sendo estes 32,9% do total de trabalhadores.

Grande parte deles é freelancer, o que permite dizer que, sim, é possível viver de freela. Para tornar a atividade sustentável a longo prazo, entretanto, você terá alguns desafios, que vamos te ajudar a solucionar a seguir.

Planejamento financeiro

Para ganhar a vida como freelancer, é preciso entender que os trabalhos podem não ser fixos e sua renda, com isso, será variável mês a mês. Para garantir um ganho mensal médio, estabeleça uma meta. Calcule quanto você gasta por mês, incluindo gastos fixos da vida pessoal e profissional (equipamentos, energia elétrica, internet, materiais), uma porcentagem para variáveis e para poupar todo mês.

Sua prospecção deve ser focada nesse valor, para se certificar que você terá condições de viver de freela.

Questões burocráticas

Muita gente se esquece da parte burocrática de se abrir uma empresa quando decide se tornar um profissional freelancer. Para fechar trabalhos com empresas, você precisará emitir notas fiscais, boletos de pagamento, pagar impostos e, para isso, é preciso criar um CNPJ.

A maioria das pessoas iniciantes opta por criar um cadastro de Microempreendedor Individual (MEI), que é a maneira mais simples e barata de ser autônomo no Brasil, e garantir um mínimo de contribuição no INSS.

Foco e organização

Ser freelancer também envolve dedicação. Não é todos os dias que estamos motivados e não ter um líder para fazer cobranças pode ser desafiador. É importante ser organizado com suas pautas e estabelecer metas de produtividade por dia para garantir as entregas no prazo exigido pelo cliente.

Ser seu próprio marketing

Quando se é autônomo, é preciso cuidar da sua cartela de clientes. Você é a melhor pessoa para divulgar seu próprio trabalho e é interessante trazer dicas de marketing para te ajudar:

1.   Crie um perfil nas redes sociais

Seja no LinkedIn, no Instagram ou Facebook, ter presença online atualmente é indispensável. No seu perfil, inclua informações sobre seus trabalhos atuais, antigos, mostre sua qualidade e seus pontos fortes.

Crie conteúdos relevantes relacionados à sua área de atuação para atrair prospects (clientes em potencial). Um decorador de ambientes freelancer, por exemplo, pode mostrar fotos de projetos executados, contar histórias sobre os problemas dos clientes e as soluções encontradas, dar dicas de decoração, dentre outros.

2.   Crie um site próprio

Ainda em ambiente online, o site é a maneira de reunir todo seu portfólio, seus contatos, informações importantes para clientes e criar conteúdos mais extensos para dar mais informações aos possíveis consumidores da sua marca. Assim, você pode gerar leads e conseguir contatos para futuros trabalhos.

3.   Relacionamento com o cliente

Com os clientes que já contrataram o seu trabalho, mantenha um bom relacionamento para garantir que você será lembrado em caso de oportunidades futuras. O “boca a boca” é ainda uma excelente forma de divulgação entre freelancers e manter sua boa imagem é fundamental para conquistar indicações.

Opções para freelancers: qual trabalho posso seguir e como conseguir oportunidades?

oportunidades

Para você que quer ser freelancer, mas ainda não sabe como, elencamos abaixo alguns trabalhos comuns que podem ser desenvolvidos de forma autônoma e, muitas vezes, à distância. É interessante lembrar que nem todo freela trabalha remotamente e, se esse é o seu foco, procure oportunidades que permitam o home office.

  • Editor de vídeos
  • Produtor de conteúdo para mídias digitais
  • Blogueiros
  • Fotógrafos e film makers
  • Gestor de mídias sociais
  • Desenvolvedor web
  • Consultores de negócios
  • Tradutores
  • Dubladores e locutores
  • Produtores de eventos
  • Arquitetos
  • Dog walkers ou passeadores de cães, assim como profissionais que dão banho e tosa em casa ou adestradores.
  • Advogados, com contratação por causas judiciais, dentre muitos outros.

Mas, como conseguir oportunidades? Além da divulgação, que já citamos ser importante ter, existem alguns sites próprios para intermediação de empresas e freelancers. O Workana, 99 Freelas, UpWork ou Freelancer.com são dedicados a conectar pessoas que precisam de algum serviço a um banco de profissionais freelas.

Otimizando seu home office

home office

Para ser um freelancer, é preciso ter um bom ambiente de trabalho, com organização o suficiente para manter sua motivação e produtividade. Mesmo que você trabalhe viajando ou em espaços de coworking, é preciso ter um local apropriado para o exercício da sua atividade, sobretudo quando se faz vários trabalhos simultâneos.

Tenha uma boa conexão de internet

Um elemento essencial no trabalho remoto de um freelancer é a conexão com a internet. Ter velocidade de rede de internet banda larga é imprescindível para o cumprimento das atividades, sobretudo aquelas que demandam envio de dados – como e-mails, vídeos, imagens e arquivos de áudio – ou reuniões online.

Faça um teste de conexão para avaliar a velocidade da sua internet residencial. Caso a conexão esteja insuficiente, talvez seja o momento de trocar o plano de internet ou de operadora para ter o melhor rendimento no trabalho.

Tenha os equipamentos adequados

Para ter um bom espaço de home office, é importante contar com os equipamentos que você precisa para exercer sua atividade. Um bom computador e celular, fones de ouvido para reuniões e para isolar o barulho externo com músicas, impressora (caso você precise).

Atualmente, a internet possibilita que grande parte das ferramentas de trabalho sejam online. Você tem acesso a plataformas de gestão de projetos, gestão do tempo, scanner pelo celular, possibilidade de fazer sua assinatura eletrônica e firmar contratos à distância, internet banking, aplicativos de calendário e planner, plataformas de vídeo chamadas, dentre outras.

Certifique-se de ter tudo que você precisa instalado no smartphone e no computador para ganhar agilidade no dia a dia.

Casa é casa, trabalho é trabalho

Ao trabalhar de casa, pode ser tentador ficar o dia todo de pijama ou cumprir suas atividades diretamente da sua cama. Algumas pessoas conseguem manter a produtividade dessa maneira, mas a tendência é que a motivação caia com o tempo. Separar a vida pessoal da profissional quando se trabalha em casa é muito importante.

  1. Defina um horário específico para trabalho e procure não perder o foco com televisão, redes sociais, atividades domésticas, cuidar dos filhos e outros.
  2. Troque de roupa. Tirar o pijama ajuda a virar a chave de que é hora de trabalhar e essa dica vale ainda mais para os profissionais que fazem chamadas de vídeo online.
  3. Tenha um espaço específico para trabalho. Procure criar dentro de casa um ambiente de escritório, para separar os locais de descanso e lazer do profissional. Isso trará mais tranquilidade nos momentos livres e ajudará a manter a concentração durante o trabalho.

Agora você já sabe os desafios que vai enfrentar com o trabalho freelancer, mas sabe, também, que é possível viver de freela. Continue de olho nas dicas da Mundo Blogger para colocar sua atividade autônoma em prática e compartilhe com seus colegas para ajudar mais pessoas!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.