Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Criação de Blogs Profissionais e Redes Sociais.

Guest Post Monica Godinho

Como fazer um planejamento financeiro eficaz

Quando se trata de como fazer um planejamento eficaz, cada um tem uma ideia de como deve ser realizado, de acordo com os seus objetivos. No entanto, existem aspectos que devem ser considerados, a fim de trabalhar em direção ao sucesso. 

Para atingir suas metas é preciso estabelecer as prioridades e ter um planejamento financeiro base, o qual permita ter uma visão honesta da sua situação atual e de onde pode chegar. Pois, isso ajuda a evitar endividamentos e um planejamento ruim que prejudique os seus objetivos. 

Você quer chegar lá e atingir o sucesso, conseguir realizar suas metas para cumprir com os seus objetivos? Então leia o nosso artigo feito em parceria com o site Bons Investimentos (bonsinvestimentos.com.br) e confira as dicas que preparamos para que você possa fazer um planejamento financeiro eficaz.

 

Dicas para um planejamento financeiro eficaz

1. Reserve tempo para estabelecer seus objetivos financeiros

Às vezes, as pessoas não dispõem do tempo necessário para o planejamento financeiro; em vez disso, ficam esperando que as coisas se encaixem. No entanto, assim como as pessoas fazem planos e estabelecem objetivos no local de trabalho, aplicar essa abordagem às suas finanças pode ser extremamente benéfico.

Estabelecer suas metas de curto, médio e longo prazo é um exercício útil que tornará claro o que você espera alcançar. 

Isso pode envolver a análise das grandes compras que você espera fazer, como a compra de imóveis ou a reforma de sua casa, bem como a consideração das fases posteriores da vida e a aposentadoria.

2. Avalie sua posição financeira atual

Uma avaliação honesta de seus ativos, passivos, receitas e despesas fornecerá a você um ponto de partida.

Você poderá ver claramente como está se saindo e poderá encontrar áreas nas quais pode melhorar. Um exemplo é a dívida que muitas vezes pode ter juros altos; portanto, você pode decidir que agora é a hora certa de pagar.

A proteção contra riscos desempenha um papel vital em qualquer planejamento financeiro, pois ajuda a proteger você e sua família de eventos inesperados.

3. Verifique se está usando todas as deduções fiscais

A utilização de suas deduções e benefícios fiscais é uma maneira eficaz de reduzir sua obrigação tributária e fazer economias consideráveis ​​ao longo da vida. 

O sistema tributário é complexo e sua legislação geralmente muda; portanto, é melhor trabalhar com um contador financeiro que possa cuidar de seu planejamento tributário. Eles podem garantir que você aproveite ao máximo as deduções fiscais, para que não pague mais do que precisa.

4. Crie um plano financeiro para seguir

Nesse ponto, você terá uma boa ideia de quais são seus objetivos e onde está atualmente. O próximo passo é planejar para onde você quer chegar, o que provavelmente envolverá a análise de quanto você precisa economizar e investir regularmente para alcançar seus objetivos. 

Um contador financeiro pode ajudar a fazer recomendações sobre como você pode investir seu dinheiro nas classes de ativos mais adequados.

5. Plano de aposentadoria

Aposentadoria é um momento que muitos esperam, em que seu dinheiro suado deve apoiá-lo na transição para a próxima fase da vida. 

O número de opções disponíveis na aposentadoria aumentou com as mudanças na legislação e a Reforma da Previdência

As decisões que você toma em relação à forma como recebe seus benefícios podem incluir dinheiro isento de impostos, comprar uma anuidade, sacar uma renda de suas economias em vez de um fundo de pensão ou uma combinação.

O início precoce do planejamento da aposentadoria oferece a melhor chance de garantir recursos suficientes para apoiar seu estilo de vida.

6. Monitore e revise seu plano financeiro

Não faz sentido fazer um plano e nunca mais voltar a ele. Você deve esperar fazer alterações à medida que a vida muda. 

Defina uma revisão anual formal, no mínimo, para verificar se você está no caminho certo para atingir seus objetivos. 

A reunião com um contador, para essa avaliação é altamente benéfica, pois eles podem fornecer uma visão objetiva de terceiros, bem como os conhecimentos necessários para ajudá-lo com questões de planejamento financeiro. 

Embora isso acarrete um custo, é altamente provável que isso seja mais econômico a longo prazo.

Gostou do artigo? Então siga com a gente, em breve traremos muito mais conteúdo de qualidade!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.